Uma visão do que me rodeia

Sempre que escrevo neste blog, será sempre a minha visão pessoal e politica do que se passa á minha volta e no meu dia a dia, nada mais do que isso.

Serra da Freita - distrito Viseu

Serra da Freita - distrito Viseu
Frecha da Mizarela - a sua beleza vale o desvio pela serra.

sábado, 25 de abril de 2009

25 Abril


Hoje quando acordei, lembrei o longínquo dia de 1974, em que ao levantar ás 7 horas da manhã a primeira coisa que minha mãe me disse “era de que havia confusão em Lisboa”.
Mas como sempre, fiz a mesma rotina, indo apanhar o comboio das 7h29m para o Cacém, e para a vida de estudante da Escola Técnica Ferreira Dias, sem calcular que a confusão iria transbordar num novo nascer para a vida.
Chegados à escola, fomos avisados de que não havia aulas, e por este dado na minha cabeça chegou um sinal de que em Lisboa algo importante estava a acontecer, pois o não haver aulas naquela altura talvez só em caso de terramoto ou outra catástrofe natural. Pois se em 1968 com as grandes cheias que aconteceram em Queluz, as aulas nem foram suspensas, pelo menos assim podíamos fazer sorna e aproveitar esta licença forçada.
Mas com o meu amigo Acácio, passamos praticamente a manhã na estação da CP à espera que houvesse de novo circulação de comboios, e, aí através da rádio ficamos conhecedores que era um golpe de estado o que estava acontecer.
Hoje recordando todo esse tempo após a revolução de Abril, em que esperança e alegria andava na cara das pessoas, em que o futuro era construído pedra a pedra pelas nossas mãos, e, passados 35 anos ver toda esta imundice em que praticamente se volta de novo a viver, em que estes governantes, alguns que tudo devem à revolução, voltam a ser arrogantes, com a postura do eu quero posso e mando, como acontecia nesses tempos longínquos de antes 25 Abril 1974, ver tudo o que se conquistou com a revolução ser destruído, e, ver de novo os grandes grupos de monopólios económicos a serem reconstruídos, e, a miséria a avançar para o povo.
Com tudo o que consigo ver só apetece dizer que o 25 de Abril tem de acontecer de novo, cada um de nós tem de aprender a dizer aos que estão lá em cima de que nós os de baixo não queremos ser governados assim.

Viva o 25 Abril Sempre

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Parece mentira mas as famosas obras da Av. Miguel Bombarda vão avançar, passados tantos anos (já antes do 25 Abril de 1974) se falava nestas obras mas elas aí vêm.
É bom saber que volvidos quase 8 anos desde que a Vereadora da CDU (Guadalupe Gonçalves) deu inicio ao processo de requalificação da Av. Miguel Bombarda a Câmara de Sintra começa agora as obras. (Como diz o povo vale mais tarde do que nunca!)
A CDU congratula-se com estas obras não podendo no entanto de lamentar a inércia com que a maioria PSD/CDS governa a Câmara pois foi no remoto ano 2001 que CDU teve a responsabilidade do Pelouro da Requalificação Urbana e que deu inicio ao projecto.
Este projecto de requalificação da Av. Miguel Bombarda não é um acto isolado inseria-se num projecto alargado de requalificação de Queluz. Por isso importa questionar a governação da Autarquia sobre o início das restantes obras como por exemplo do prolongamento do parque Felício Loureiro.
Também é de esperar que,apesar dos problemas sempre causados por obras mais complexas, na medida do possível sejam evitados os maiores transtornos aos habitantes e aos comerciantes desta zona.
Esperemos que um novo ciclo comece com obras pois a freguesia de Queluz, que tem sido votada ao esquecimento pelos sucessivos governos da Câmara PS/PSD/CDS, merece melhor e não pode ser só em ano de eleições que se fazem obras!

domingo, 5 de abril de 2009

Queluz em lista de espera

Queluz continua em lista de espera relativamente ás obras projectadas para a freguesia e que continuam sem se ver a sua execução. Se os projectos fossem executados ( e não só publicitados com toda a pompa e circunstância), hoje a Freguesia de Queluz seria completamente diferente, mas com os diversos executivos da Câmara Municipal e com o executivo da Junta, continuamos a nadar a passo de caracol.

Assim é bom não esquecer de que se continua á espera que avancem nomeadamente as seguintes obras:

- Centro de Saúde que desde sempre a CDU tem criticado e exigido que seja construído um novo centro pois o actual nunca teve condições para as funções que lhe é exigido, e hoje cada vez mais se vai deteriorando.

- Mercado Municipal de Queluz – é necessário que se avance com o projecto para a sua requalificação e de toda a zona envolvente com criação de estacionamento no subsolo - já em Março de 2003 estavam em curso os estudos de viabilidade deste projecto, estudos que avançaram através da CDU com a sua vereadora na altura Guadalupe.

Quem ainda vai ao mercado assiste cada dia á sua degradação e ao abandono e fecho de lojas por parte de comerciantes.

- Parque Felício Loureiro, passados uma dezena de anos continuamos á espera de que a CMS procede á continuação do projecto realizando a 3ª e 4ª fase (já em Março de 2003 o Presidente da Junta de Freguesia de Queluz afirmava num dos seus anúncios de propaganda de que existia verba no orçamento da CMS , mas até hoje nem sinal da obra) prolongamento do parque através das traseiras da Av.Miguel Bombarda e da margem esquerda do Jamor.

- A Requalificação da Av.Miguel Bombarda (Segundo o Boletim da Junta de Freguesia se Maio, parece que agora é que vai arrancar em Setembro), que já em 2002 o Presidente Seara assumia esta obra. Também nesta altura foi falado a concretização do projecto da Variante á Estrada Nacional 117 (ligação desde a Rotundo do Jamor até á estrada de Belas numa rotunda a criar a saída do pendão) que permitiria requalificar o próprio transito que passa na Av. Miguel Bombarda.

- Requalificação do Mercado Antigo de Queluz (Rua Mateus Vicente Oliveira), tendo sido já dado o parecer positivo em 2003 por parte do Executivo da Junta de Freguesia da altura(PS – CDU) relativamente á proposta programa funcional enviado pela CMS.

Projecto que permitiria a criação de mais um espaço verde para a população, também a criação de mais um parque estacionamento subterrâneo em vários níveis, e, a valorização da rua como eixo pedonal vocacionado para o comércio.

- Também em 2003, se assistiu ao Estudo de Tráfego e ordenamento da circulação e do estacionamento que até hoje nada se sabe sobre a sua aplicação ou não.

- Para quando a Ponte pedonal de ligação do palácio de Queluz á mata da matinha, projecto apresentado pelo vereador Luís Duque em 2004 e que se continua a aguardar.

Também deve ser tido em conta a própria ligação pedonal entre Queluz e Queluz de Baixo que hoje é feita através da via de tráfego automóvel com todos os riscos inerentes para a população.

Manuel Guedelha
Vogal da CDU da Assembleia Freguesia de Queluz
(resumo de intervenção realizada na Assembleia de 30 de Junho)

sábado, 4 de abril de 2009

Quiosque Parque Felício Loureiro

Hoje escrevo sobre uma pequena amostra da apatia que existe relativamente aos problemas da Freguesia de Queluz, quer pela C.M.Sintra quer pela Junta Freguesia de Queluz

DESCUBRA AS DIFERENÇAS


Foto tirada quando da visita da CDU em 7 Março 2009

Foto tirada depois da visita da CDU em 28 Março 2009

Pois é a C.M.Sintra ou a Junta actuou logo mal o problema foi levantado pelos cartazes postos na rua pela CDU, o que fico á espera é que não seja só retirar o quiosque ardido, mas que a requalificação do local (que já vai á uns 5 anos para ser executado), também seja feito pela C.M.Sintra.

As minhas fotos

As minhas fotos
Reflexo