Uma visão do que me rodeia

Sempre que escrevo neste blog, será sempre a minha visão pessoal e politica do que se passa á minha volta e no meu dia a dia, nada mais do que isso.

Serra da Freita - distrito Viseu

Serra da Freita - distrito Viseu
Frecha da Mizarela - a sua beleza vale o desvio pela serra.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Balanço da Actividade do Ano 2010

Estamos a chegar ao Fim do Ano de 2010, por isso não quero deixar de fazer um balanço, da minha actividade enquanto Vogal, eleito da CDU, no Executivo da Junta de Freguesia de Queluz.


Assim quando aceitei pertencer ao executivo da Junta de Freguesia de Queluz, para o mandato 2009-2013, tinha na perspectiva de poder contribuir com o meu trabalho, a minha intervenção e entrega na defesa dos interesses das populações, na promoção das condições de vida local e na luta pela construção de uma vida melhor.
Os pelouros que me foram atribuídos pelo Presidente da Junta de Freguesia, foram os seguintes:
- Mercados e Feiras;
- Actividades Económicas;
- Saneamento;
- Defesa do Consumidor;

Se no primeiro pelouro, Mercados e Feiras, tendo em conta que a Câmara Municipal de Sintra é directamente responsável pela gestão do Mercado Municipal, pouco se pode fazer além de,  junto do Vereador Baptista Alves, responsável pelo pelouro a nível da CMS, acompanhar o processo que deverá levar a que se faça a reconstrução de um novo Edifício onde sejam criadas as condições para que o nosso Mercado tenha a dignidade e possa servir a população da Freguesia.

Relativamente às Feiras promoveu-se a realização da Feira de Artesanato no Jardim Conde Almeida Araújo entre os meses de Maio e Setembro.

Nas Actividades Económicas realizou-se uma reunião com os comerciantes para que se consiga criar um movimento de apoio ao comércio local, este trabalho irá durante o ano de 2011 prosseguir, e, o meu desejo é que se consigam dar passos cada vez maiores para que o que se assiste hoje em dia, o fecho de muitas lojas na freguesia, venha a ser combatido e consigamos manter um comércio local forte.

Promoveu-se diversas actividades para promoção, nomeadamente um espectáculo de rua no Dia 5 de Outubro, promoveu-se também diversos Encontros com Escritores, e, também pela 1ª vez na história de 13 anos da Cidade de Queluz , realizou-se a comemoração do aniversário da sua criação, com um grande espectáculo no Jardim Conde Almeida Araújo, em conjunto com as outras duas Freguesias da Cidade de Queluz.

Relativamente ao pelouro do Saneamento realizou-se uma grande acção de sensibilização em Março que foi “O Limpar Queluz”, que mobilizou por volta de 160 voluntários e onde se apanhou mais de 40 toneladas de entulho e 50 sacos de lixo indiferenciado. Sendo os principais locais de intervenção o centro de Queluz, Margens do Rio Jamor, Zona adjacente ao Parque Felício Loureiro, Bairro Nossa Senhora da Conceição e Quinta do Mirante.

No que diz respeito ao Pelouro Defesa do Consumidor, promoveu-se várias iniciativas de esclarecimento ao consumidor, nomeadamente:

- Sessão - “ Eco Roteiro – Consumo Eficiente de Energia Eléctrica” – com a participação da AMES.

- Sessão - “ Vendas Agressivas” – com a participação da DECO.

- Sessão - “ Acção de Sensibilização para a Segurança” – com a participação da PSP Queluz.

- Ciclo de Palestras “ Consumo e Cidadania” – com a participação da SMIC da Câmara Municipal de Sintra.

Estas iniciativas tiveram a presença de mais de 300 cidadãos, e, durante o ano de 2011 iremos continuar a promover estas acções.

De realçar que foram várias as Associações e locais de Queluz onde se foram realizando estas sessões, numa perspectiva de descentralizar por toda a Freguesia e entidades que desejem vir a participar nestas iniciativas.

Não quero desde já deixar de agradecer a todos os que participaram na realização destas actividades, pois foi graças à sua disponibilidade que pudemos executar durante o ano de 2010, todas estas actividades em prol dos Queluzenses.

Também não quero deixar de fazer um pequeno balanço, relativamente ao que assistimos a nível de Freguesia, pois, continuamos a ver Queluz em lista de espera relativamente ás grandes obras projectadas para a freguesia e que continuam sem se ver. Se os projectos fossem executados (e não só publicitados com toda a pompa e circunstância), hoje a Freguesia de Queluz seria completamente diferente.

Assim é bom não esquecer de que se continua á espera que avancem nomeadamente as seguintes obras:

- Centro de Saúde que desde sempre a CDU tem criticado e exigido que seja construído um novo centro pois o actual nunca teve condições para as funções que lhe é exigido, e hoje cada vez mais se vai assistindo à sua deteriorando, e, agora que a CMS vai libertar o terreno e edifício da antiga Escola Primária onde a ARS comprometeu-se a construir o novo Centro de Saúde (em carta de 28/06/2006), espero que seja cumprido o prometido.

- Parque Felício Loureiro, passados que são alguns anos continuamos á espera de que a CMS proceda à continuação do projecto da 3ª e 4ª fase (já em Março de 2003 existia verba no orçamento da CMS, mas até hoje nem sinal da obra) do prolongamento do Parque Urbano Felício Loureiro, através das traseiras da Av. Miguel Bombarda e da margem esquerda do Jamor.

- Requalificação do Mercado Antigo de Queluz (Rua Mateus Vicente Oliveira), tendo sido já dado o parecer positivo em 2003 por parte do Executivo da Junta de Freguesia da altura (PS – CDU) relativamente á proposta programa funcional enviado pela CMS.

Projecto que permitiria a criação de mais um espaço verde para a população, também a criação de mais um parque estacionamento subterrâneo em vários níveis, e, a valorização da rua como eixo pedonal vocacionado para o comércio.

- Também em 2003, se assistiu ao Estudo de Tráfego e ordenamento da circulação e do estacionamento que até hoje nada se sabe sobre a sua aplicação ou não. Neste estudo falava-se na construção de 13 parques estacionamento, que resolveria todo o problema existente na Freguesia.

- Para quando a Ponte pedonal de ligação do palácio de Queluz á mata da matinha, projecto apresentado pelo vereador Luís Duque em 2004 e que continuamos a aguardar.

- Também deve ser tido em conta a própria ligação pedonal entre Queluz e Queluz de Baixo que hoje é feita através da via de tráfego automóvel com todos os riscos inerentes para os peões.

- A Resolução da questão da Quinta Nova, com a sua passagem para a CMS, com a respectiva requalificação, e, dando assim continuidade à proposta apresentada relativa à Intervenção Operacional Estratégica de Queluz, onde se previa a sua transformação em Parque Urbano.

- Para  quando a requalificação do Parque Infantil e do Edíficio existente no Jardim Conde Almeida Araújo, como todos sabemos é uma tristeza e uma vergonha o estado em que se encontram.

Poderia continuar a descriminar tantas obras necessárias e algumas anunciadas ao longo dos vários mandatos dos diversos Presidentes de Câmara que temos tido, mas aí seria talvez um livro a publicar, por isso irei ao longo dos tempos escrever sobre essas outras obras.

Como conclusão posso afirmar que me sinto satisfeito com o trabalho realizado neste ano de mandato, mas, que gostaria ao mesmo tempo de ter conseguido realizar e promover muitas mais iniciativas, porque os Queluzenses merecem!

Por último quero desejar para todos os Queluzenses um Bom Ano de 2011, e, que venham as obras prometidas.


quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Passadeiras Avenida Miguel Bombarda

Na Assembleia de Freguesia de Queluz realizada no dia 20 Dezembro de 2010, foi apresentada pela CDU a seguinte moção sobre a questão da falta de passadeiras na Av. Miguel Bombarda. Esta moção foi aprovada por unanimidade da Assembleia.

Porque este assunto é muito importante para os moradores desta Avenida e no seu interesse passo a citar a referida moção:

"                                  Moção

As obras realizadas, nos últimos anos, na Av. Miguel Bombarda, com o objectivo de regularizar o trânsito e proceder a diversos melhoramentos estruturais, estão ainda longe de corresponderem ao que todos esperávamos.

A bancada da CDU, vem, mais uma vez, chamar a atenção para a retirada de passadeiras nesta avenida aquando destas obras de melhoramento, nesta zona em que a população é muito envelhecida.

Assim e considerando que:

1 – Antes das obras na avenida haviam passadeiras que não foram repostas após as obras;

2 - Os moradores por diversas vezes chamaram a atenção para a reposição de mais passadeiras na Av. Dr. Miguel Bombarda;

3 - Em Abril de 2010, os moradores realizaram um abaixo-assinado sobre a falta das passadeiras nomeadamente a situada junto ao numero 49 da Av. Miguel Bombarda tendo sido recolhidas mais de 100 assinaturas. O abaixo-assinado foi enviado à Câmara Municipal de Sintra, a qual respondeu que iria passar o assunto para a sua Divisão de Trânsito.

4 – No passado dia 2 de Dezembro na zona entre o numero 47 e 49 se deu mais um acidente, com o atropelamento de uma senhora, que ficou em estado grave.

Neste contexto a Assembleia de Freguesia de Queluz reunida a 20 de Dezembro de 2010 exige que a Câmara Municipal de Sintra, através da sua Divisão de Trânsito reavalie a localização e o número de passadeiras necessárias e adequadas na Av. Dr. Miguel Bombarda o mais rapidamente possível.

Sendo esta recomendação aprovada deve ser enviada à:
-  Câmara Municipal de Sintra
- Assembleia Municipal de Sintra
- Policia Segurança Pública.
- Policia Municipal Sintra.
- Deverá ser igualmente remetida aos órgãos da comunicação social regionais.

Queluz, 20 Dezembro 2010

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Orçamento da Câmara Municipal de Sintra

A CDU votou a favor do Orçamento da Câmara Municipal de Sintra para 2011, por isso não quero deixar de aqui anexar a declaração de voto do vereador Baptista Alves sobre a nossa posição.


"A gravíssima situação de crise, de desemprego, de injustiças, de endividamento e dependência externa em que o país se encontra é inseparável das opções estratégicas erradas assumidas ao longo de mais de 30 anos que importa questionar e corrigir. Ao invés disso, o Orçamento de Estado para 2011 insiste em manter rumos que inevitavelmente acentuarão o declínio e agravamento dos problemas nacionais e penaliza brutalmente a vida das Autarquias Locais.
Aliás, depois de um corte intercalar de 100 milhões de euros, acresce agora um corte de 127 milhões de euros, o que apenas contribuiu para agravar a situação financeira dos municípios portugueses.
Na proposta das Opções do Plano e Orçamento da Câmara Municipal de Sintra para 2011 está explanada uma dura realidade que assenta em dois factores principais: por um lado, a forte contracção das transferências da Administração Central para a Autarquia, e por outro, o fim do modelo de financiamento do município por via da construção civil.
Para a CDU, é importante encontrar soluções para garantir o futuro do concelho de Sintra.
Assim, importa cumprir alguns passos que adiantamos em seguida: Na área dos Recursos Humanos da câmara deverá seguir-se uma política de “a cada função permanente deve corresponder um contrato permanente”.
A existência de trabalhadores no regime de prestação de serviços deverá será reduzida aos serviços para que está vocacionado este vínculo de trabalho, como sejam os serviços de Saúde Ocupacional e consultadorias pontuais.
Na área da Habitação Social consideramos que deverá ser elaborado um levantamento exaustivo do estado em que se encontra o parque habitacional municipal, de forma a identificar patologias e promover obras de requalificação imediatas, de forma a evitar um acumular de despesas de conservação.
Na área da Educação, dado os constrangimentos que se têm verificado com o Ministério da Educação, será necessário avaliar o processo de transferência de responsabilidades educativas para o município, que acarreta maior pressão por via da entrada de pessoal auxiliar, a par da construção de novos equipamentos escolares. Consideramos ainda necessário a revisão da Carta Educativa de Sintra, que se encontra desactualizada e desadequada ao modelo de desenvolvimento sustentável que se pretende para o concelho de Sintra. Em relação às actividades de enriquecimento curricular deverá caminhar-se no sentido dos processos de contratação serem feitos através da realização de concurso público.
Na Saúde, o Município deveria insistir junto do Ministério da Saúde para avançar na construção de um hospital público em Sintra, a par da reestruturação da rede de centros de saúde.
No que se refere ao Planeamento Urbanístico, insistimos na necessidade de revisão do Plano Director Municipal, um instrumento fundamental para a correcção das assimetrias de desenvolvimento que actualmente acontecem no município.
Na área de Ambiente, Parques e Jardins, sugerimos que se prolongue o actual Parque Felício Loureiro até Belas, requalificando assim toda a Ribeira do Jamor.
Ao nível dos Serviços Culturais e Turismo continua por estar clarificada a situação da Quinta da RibaFria. Neste planeamento continua por se desconhecer quando é que se vai construir o Museu de História Natural no Pego Longo.
Na área da Indústria, Energia e Actividades Económicas, importa avançar com uma política municipal de apoio à dinamização de sectores fundamentais para a economia do concelho, como as indústrias extractivas, a indústria farmacêutica, a distribuição e turismo. A dinamização dos sectores ligados ao ambiente, por via do aproveitamento de energias renováveis, nas quais a AMES poderá ter um papel fundamental, poderá constituir uma linha importante na economia do concelho.
Tendo em consideração que o Orçamento para 2011 é um documento de risco, assente em receitas que podem sofrer cortes e/ou atrasos, nomeadamente as que se prendem com as transferências provenientes do Estado, a Câmara Municipal de Sintra deverá assegurar que, independentemente do valor destas e dado o papel essencial do município na vida dos sintrenses, as seguintes áreas não serão afectadas:
- Manutenção e conservação do Parque Habitacional Municipal.
- Fim da precariedade nos quadros da Câmara Municipal de Sintra.
- Reabilitação urbana.
- Programa municipal de Acção Social Escolar.
- Apoio a instituições sem fins lucrativos, vocacionadas para a intervenção social.
A CDU vai votar favoravelmente a proposta de Opções do Plano e Orçamento para 2011 da Câmara Municipal de Sintra na presunção de que apesar da forte penalização consequente da aprovação do Orçamento de Estado para 2011, e não sendo esta obviamente a proposta de Plano e Orçamento que a CDU entende como necessária para a resolução dos problemas do nosso concelho, esta proposta constituirá, se executada com respeito com as linhas de orientação que sugerimos, um instrumento importante para a minimização dos efeitos da gravíssima crise que enfrentamos."

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Palestras sobre “Consumo e Cidadania"

Hoje dia 9 de Dezembro pelas 14h30m, nas instalações da Associação "Olho Vivo", situadas na Av. António Enes, 31 - 3º Centro Comercial Queluz, realiza-se mais uma palestra com o tema " Educação Financeira", esta iniciativa é organizada pelo Serviço Municipal de Informação ao Consumidor e a Junta de Freguesia de Queluz.

Esta palestra vem na continuação do ciclo de palestras sobre a Defesa do Consumidor iniciado no dia 8 de Outubro, e, que irá ter no dia 16 de Dezembro a sua conclusão no ano de 2010.
Estas sessões têm sido realizadas em diversas associações e colectividades da Freguesia, para que assim se chegue a um maior numero de Queluzenses.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Atropelamento na Av. Miguel Bombarda

"Fotografia do site - "Cidadania de Queluz de 3 Dezembro 2010"

Ontem dia 2 Dezembro houve mais um acidente na Av. Miguel Bombarda, desta vez uma senhora foi atropelada. O atropelamento aconteceu em frente entre o número 47 e o 49, e, o acidente deu-se quando atravessava a rua.
Nesta zona antes das obras existiam passadeiras que simplesmente não foram repostas aquando da conclusão das referidas obras.
Sobre este assunto quero lembrar que em 19 Abril de 2010, chamei a atenção através do meu blog, em que dizia:


"O primeiro que vou abordar é a questão das passadeiras agora colocadas. De salientar que antes das obras existiam mais passadeiras na Avenida do que as que agora foram assinaladas, o que leva a que o peão cada vez se sinta menos protegido, pois a boa condução que é proporcionada por quem (sobretudo condutores que não moram neste local) usa a Avenida para autêntica pista de corridas. Assim vemos que os moradores, muitos com uma certa idade têm grandes dificuldades para atravessarem esta rua.

Por isso é necessário a colocação de mais passadeiras (como já é pedido num abaixo assinado que está a ser feito na zona), antes que mais acidentes aconteçam."

Entretanto em 23 Abril os moradores, nos quais me incluo, fizeram um abaixo assinado a pedir as passadeiras que foi assinado por mais de cem moradores da zona, o qual foi enviado à Câmara Municipal de Sintra. Esta entidade respondeu que o assunto iria ser passado para a Divisão de Trânsito, que daria seguimento ao assunto, vemos que passados 8 meses tudo continua na mesma. Será preciso que muitos acidentes como este acontece para que a resposta desta Câmara que temos seja rápida e eficaz?Sobre este assunto quero lembrar que em 19 Abril de 2010, chamei a atenção aqui neste blog, em que dizia:


"O primeiro que vou abordar é a questão das passadeiras agora colocadas. De salientar que antes das obras existiam mais passadeiras na Avenida do que as que agora foram assinaladas, o que leva a que o peão cada vez se sinta menos protegido, pois a boa condução que é proporcionada por quem (sobretudo condutores que não moram neste local) usa a Avenida para autêntica pista de corridas. Assim vemos que os moradores, muitos com uma certa idade têm grandes dificuldades para atravessarem esta rua.

Por isso é necessário a colocação de mais passadeiras (como já é pedido num abaixo assinado que está a ser feito na zona), antes que mais acidentes aconteçam."

Entretanto em 23 Abril os moradores, nos quais me incluo, fizeram um abaixo assinado a pedir as passadeiras que foi assinado por maisde cem moradores da zona, o qual foi enviado à Câmara Municipal de Sintra. Esta entidade respondeu que o assunto iria ser passado para a Divisão de Trânsito, que daria seguimento ao assunto, vemos que passados 8 meses tudo continua na mesma. Será preciso que muitos acidentes como este aconteçam para que a resposta desta Câmara que temos seja rápida e eficaz?

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Reunião Publica da Junta de Freguesia de Queluz

Hoje, segunda Feira dia 29 Novembro 2010, pelas 18h30, na Sala Multiusos Dr. Fernando Ribeiro Leitão, sita na Rua dos Combatentes da Grande Guerra, 40 R/c Esq, em Queluz, irá realizar-se a Reunião Publica da Junta de Freguesia de Queluz, com a seguinte ordem de trabalhos:

1 - Aprovação da Acta da Reunião Anterior
2 - Informações
3 - Obras da Freguesia
4 - Listagem de Facturação

No início da reunião o público presente poderá intervir colocando as suas questões, por isso a intervenção dos cidadãos é uma maneira de podermos ter uma maior visão do que se passa na nossa freguesia.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Solidário com a Greve Geral

Amanhã 24 Novembro, greve geral de protesto contra toda esta politica injusta e imoral.
Ninguém pode ficar indiferente ao brutal ataque que o Governo (PS com o apoio  do PSD) desfere contra os trabalhadores, sejam eles da administração publica, das empresas publicas ou do sector privado em geral.
É tempo de dizer basta à prioridade exclusiva ao défice e à necessidade de medidas cada vez piores, que diminuem o crescimento e aumentam o desemprego.
Porque existem alternativas e é preciso romper com estas políticas, a Greve Geral á a luta de todos nós contra as injustiças e a imoralidade.

Iniciativas da semana em Queluz

Na continuação das iniciativas relacionadas com pelouros que eu sou responsável no executivo da Junta de freguesia de Queluz, esta semana convido-os a estarem presentes nomeadamente nas seguintes iniciativas:

Palestra sobre Direitos e Deveres do Consumidor
Dia 25 de Novembro (Quinta-Feira),  assista a mais uma palestra do ciclo Consumo e Cidadania, desta vez o tema será “Consumo responsável”  a realizar no Ginásio Clube de Queluz das 14h30 às 16h30.
Não é necessário fazer reserva e a entrada é gratuita.
O Ginásio Clube de Queluz fica situado na Rua Afonso de Albuquerque nº26

Tertúlias em Queluz com o Escritor Luís Filipe Cristóvão

No próximo dia 25 de Novembro (Quinta-Feira) pelas 21h00 na UNIQUE, teremos mais uma sessão das “Tertúlias em Queluz”, que se têm vindo a realizar-se mensalmente. Neste encontro teremos a presença do escritor  Luís Filipe Cristóvão, com o qual iremos conversar e debater diversos aspectos da literatura.
A UNIQUE – Associação de Ensino Sénior de Queluz fica situada na Rua D. Pedro IV, 28B (Perto dos Bombeiros Voluntários de Queluz).
Deixo-lhes uma pequena bibliografia do escritor Luís Filipe Cristóvão, para assim poderem procurar mais informações da sua obra.
Luís Filipe Cristóvão - Nasceu em Torres Vedras no dia 24 de Fevereiro de 1979. Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas (Estudos Portugueses e Franceses) na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, frequentou o Programa de Mestrado em Teoria da Literatura da UL e o Curso de Especialização em Edição de Livros da Universidade Católica de Lisboa. É director da Revista Literária Sítio e programador do Encontro de Escritores do Cadaval, do Sobrescritas - Encontro de Escritores em Torres Vedras e do Poesia em Vinyl (Lisboa). Profissionalmente, trabalha como gestor editorial e livreiro. É autor dos livros de poesiaRegisto de Nascimento (Livrododia, 2005), Pequena Antologia para o Corpo (Col. Palavra Ibérica, 2007), E como ficou chato ser moderno (Livrododia, 2007), Santa Cruz (Livrododia, 2008), A Cabeça de Fernando Pessoa (Ardósia, Col. Pasárgada, 2009) e do blogue o homem que queria ser luís filipe cristóvão (www.luisfilipecristovao.blogspot.com). Escreve também para música e teatro.

Acção de Sensibilização sobre Segurança

Com o objectivo de aproximar mais a Polícia aos Cidadãos, em conjunto com a PSP de Queluz vai realizar-se no próximo dia 26 de Novembro (Sexta-Feira), pelas 14h30, na UNIQUE, uma sessão de esclarecimento junto da população de Queluz.
Serão abordados temas como, agir se for vítima de roubo na rua ou no domicílio, como alertar as crianças para os perigos da sociedade actual e ainda uma abordagem especial aos comerciantes, que nos dias de hoje estão muito vulneráveis à violência urbana.
A UNIQUE – Associação de Ensino Sénior de Queluz fica situada na Rua D. Pedro IV, 28B (Perto dos Bombeiros Voluntários de Queluz)

Por fim não quero de deixar de apelar à participação de todos os que puderem estar presentes nestas iniciativas.


 

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Reunião com os Comerciantes de Queluz

Como vogal da Junta de Freguesia de Queluz e responsável entre outros pelo pelouro relativo às Actividades Económicas, na procura de uma ligação com os Comerciantes da Freguesia, ir-se-á efectuar uma reunião no próximo Sábado dia 13 de Novembro, pelas 15 horas, no Edifício sede da Junta de Freguesia, sito na Rua Conde Almeida Araújo, n.º 44, sendo esta reunião direccionada aos comerciantes da nossa Freguesia.

Com esta sessão pretende-se trocar opiniões e ideias sobre a possível realização de algumas actividades durante o ano de 2011, com estas actividades pretendemos dar apoio ao comércio local, na procura de soluções para que cada vez mais as compras dos cidadãos, possam ser feitas no comércio existente na Freguesia.
Espero que esta reunião seja o pontapé de saída com vista a podermos alcançar os objectivos que pretendemos.
Da minha parte existe toda uma disponibilidade para que neste mandato se assista a uma alteração no modo de procedimentos existentes até agora, e, que no fim nos sentamos todos satisfeitos com os resultados obtidos.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Palestra "Consumo Responsável"

Realiza-se Hoje dia 29 de Outubro pelas 14h30m, nas instalações da UNIQUE - Associação de Ensino Sénior de Queluz, situadas na Rua D. Pedro IV, 28B - Queluz, a última palestra que têm vindo a ser realizadas nesta Associação, o tema desta palestra será "Consumo Responsável", esta iniciativa é organizada pelo Serviço Municipal de Informação ao Consumidor e a Junta de Freguesia de Queluz.
Este ciclo de palestras será de novo realizado, na perspectiva de chegarmos a novos cidadãos da Freguesia, durante o mês de Novembro no Ginásio Clube de Queluz todas as Quintas Feiras pelas 14h30m. 

Para ter uma maior informação sobre estes temas a serem abordados, participe e divulgue. Também se o desejarem poderão enviar-me novos temas a abordar, estou à vossa disposição.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Encontros de Queluz

Na continuação do projecto "Encontros de Queluz", que a Junta de Freguesia iniciou no passado mês de Setembro com a tertúlia com a escritora Inês Leitão, venho de novo convidá-los a participar na próxima edição das “Tertúlias em Queluz”, neste encontro iremos conversar com o escritor Rui Almeida.

Deixo-lhes uma pequena biografia do autor.
Rui Almeida

Nasceu em 1972. É autor do blogue Poesia Distribuída na Rua (www.ruialme.blogspot.com). Em 2008 venceu o Prémio Manuel Alegre do Município de Águeda com o original "Lábio Cortado", que viria a ser publicado em 2009 pela Livrododia Editores. Ainda na primária, já se interessava pelos poemas que apareciam nos livros de português do seu irmão mais velho. Depois, na adolescência, através de uns amigos mais velhos 15 ou 20 anos, começou a ouvir muito cantores como José Afonso, Adriano Correia de Oliveira ou Sérgio Godinho, e uma das canções de José Afonso, com um poema de Jorge de Sena, “Epigrafe para a Arte de Furtar”, marcou-o ao ponto de desejar saber quem era aquele autor. A leitura de Sena abriu-lhe horizontes e, depois, Ruy Cinatti e José Gomes Ferreira, consolidaram esse gosto e uma certa necessidade de também escrever coisas.

Esta Sessão vai ter lugar no próximo dia 29 Outubro (Sexta-Feira) pelas 21horas na UNIQUE - Associação de Ensino Sénior de Queluz, situada na Rua D.Pedro IV, nº 28 B (próximo dos Bombeiros Voluntários de Queluz).

Espero que venham participar nesta conversa com o escritor Rui Almeida, e, assim poderemos trocar ideias sobre poesia, e outros temas de realce, e, que esta iniciativa venha no tempo a ganhar um espaço de participação e diálogo com os Queluzenses.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Palestra Direitos e Deveres do Consumidor

Realiza-se Hoje dia 22 de Outubro pelas 14h30m, nas instalações da UNIQUE - Associação de Ensino Sénior de Queluz, situadas na Rua D. Pedro IV, 28B - Queluz, mais uma palestra com o tema " Direitos e Deveres do Consumidor", esta iniciativa é organizada pelo Serviço Municipal de Informação ao Consumidor e a Junta de Freguesia de Queluz.
Assim se vai completar a 3ª sessão do "Ciclo de palestras Consumo e Cidadania" iniciado no dia 8 de Outubro, e, que irá até meados de Dezembro.

Para ter uma maior informação sobre estes temas a serem abordados, participe e divulgue. Também se o desejarem poderão enviar-me novos temas a abordar, estou à vossa disposição.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Palestra Educação Financeira

Hoje dia 15 de Outubro pelas 14h30m, nas instalações da UNIQUE - Associação de Ensino Sénior de Queluz, situadas na Rua D. Pedro IV, 28B - Queluz,  realiza-se mais uma palestra com o tema " Educação Financeira", esta iniciativa é organizada pelo Serviço Municipal de Informação ao Consumidor e a Junta de Freguesia de Queluz. 

Esta  palestra vem na continuação do ciclo de palestras sobre a Defesa do Consumidor iniciado no dia 8 de Outubro, e, que irá até meados de Dezembro, sendo estas sessões realizadas noutras associações e colectividades da Freguesia.
Para ter uma maior informação sobre estes temas a serem abordados, participe e divulgue. Também se o desejarem poderão enviar-me sugestões para novos temas a abordar, estou à vossa disposição.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Palestras Consumo e Cidadania

Dia 8 de Outubro inicia-se um ciclo de palestras subordinadas à Defesa do Consumidor, esta iniciativa é organizada pelo Serviço Municipal de Informação ao Consumidor e a Junta de Freguesia de Queluz.    Assim durante o mês de Outubro todas as Sextas-Feiras nas instalações da UNIQUE - Universidade Sénior de Queluz, situadas na Rua D. Pedro IV, 28B -  Queluz, irão ter lugar 4 palestras.



A primeira palestra será no próximo dia 8 de Outubro, das 14h30 às 16h30, e terá como tema "Segurança Alimentar"

Este ciclo de palestras terá ainda os seguintes temas:
Dia 15 Outubro - Educação Financeira.
Dia 22 Outubro - Direitos e Deveres dos Consumidores.
Dia 29 Outubro - Consumo Responsável.

Esta iniciativa terá novo ciclo em Novembro e posteriormente em Dezembro, sendo estas sessões realizadas noutras associações e colectividades da Freguesia.

Para ter uma maior informação sobre estes temas a serem abordados, participe e divulgue. Também se o desejarem poderão enviar-me sugestões para novos temas a abordar, estou à vossa disposição.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Animação de Rua no "5 de Outubro"

No próximo dia 5 de Outubro comemora-se o primeiro centenário da Implantação da República. A Junta de Freguesia de Queluz, vai realizar no Jardim Conde de Almeida Araújo pelas 17h00 uma animação de Rua com o Grupo Vicenteatro que irá colocar em cena a peça "5 de Outubro".
Uma história contada de forma divertida através de uma "Barraca de Robertos" e que relata os factos mais importantes que deram origem aos acontecimentos do dia “5 de OUTUBRO” de 1910 e as suas consequências.
Para além da informação histórica, esta tradicional forma de expressão cultural e de comunicação, pretende trazer de volta a já quase esquecida Barraca de Robertos, tão popular à época, e que habitava pelas ruas e feiras, permitindo a continuidade do nosso património cultural imaterial.
 
Por isso, deixo-lhes aqui um convite para virem assistir a este evento 

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Encontros de Queluz

Dando ínicio a mais um projecto para trazer os cidadãos a integrarem-se na sua freguesia, a, Junta de Freguesia de Queluz vai iniciar um ciclo de pequenos encontros com algumas personalidades, assim venho convidá-los a participar na primeira edição “Tertúlias de Queluz”, a realizar-se no dia 24 de Setembro pelas 21h00 na Sala Multiusos, Fernando Ribeiro Leitão.
Este primeiro encontro será uma conversa com a escritora Inês Leitão onde poderemos trocar ideias sobre vários assuntos.

Já agora deixo uma pequena biografia da escritora "Inês Leitão"

Nasceu a 1 de Julho de 1981 em Lisboa. É licenciada em Estudos Anglo-Americanos na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e gosta de viajar. Teve a sua primeira publicação na revista Quase, em 2001. Seguiram-se colaborações em Os Fazedores de Letras durante o ano de 2003. Em Maio de 2004 cria na blogosfera o bocadosdecarnepelasparedesdoquarto (www.bocadosdecarne.blogspot.com) e em 2005 inicia a sua participação no blog Prazeres minúsculos. O seu primeiro livro, Quarto Escuro (Livrododia Editores, 2007), é uma colecção de micronarrativas que fala de pessoas, de sentimentos e de apegos; coisas que tanto podem viver no instante de uma paragem de metro, como no limite da parede de um quarto escuro. Mantém-se inédita a sua Trilogia da Obsessão da dor e do amor. Três peças de teatro que falam do sentido do amor no século XXI: Quem tramou António Lobo Antunes, A última história de Werther e Amor em estado morto. Foi a mais jovem participante do Correntes d´Escrita 2007.

Espero que esta iniciativa venha no tempo a ganhar um espaço de participação e diálogo com os cidadãos de Queluz, e, não só.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Festa do «Avante!», Sábado, 4 Set 2010


 Apesar de todas as tentativas para a destruir ao longo destes anos todos já cá cantam 34 Festas, e muitas mais virão...
Não há Festa com esta!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Reunião Publica da Junta de Freguesia Queluz

Segunda Feira dia 30 de Agosto 2010, pelas 18h30, nas instalações desta Junta de Freguesia, na Rua Conde de Almeida Araújo, 44, em Queluz decorrerá a reunião ordinária pública da Junta de Freguesia, com a seguinte ordem de trabalhos:

1. Aprovação da Acta da reunião anterior
2. Informações
3. Obras da Freguesia
4. Listagem de Facturação

No início da reunião o público presente poderá intervir colocando as suas questões, por isso a intervenção dos cidadãos é uma maneira de podermos ter uma maior visão do que se passa na nossa freguesia.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Para os condutores sem consciência.

um vídeo para todos nos lembrarmos que existem outros que podem ser afectados com as acções de condutores sem consciência.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Uma semana intensa, mas deliciosa.

Ontem foi um dia em que nos despedimos do Keita, da Kanna, do Hikaru, e, do casal Shigemitsus, que nos fizeram companhia nesta última semana.
Posso afirmar que estes dias foram poucos, mas, mesmo assim ajudaram a estabelecer uma forte ligaçao de amizade, não só como se poderia prever entre o Nuno, o Alexandre, a Ana, e, a Diana, e, os elementos da delegação de Omura, mas esta amizade também nos atingiu a nós os pais.
As lágrimas que nos afectaram aquando da despedida no aeroporto são a prova de quanto nos atingiu este pequeno momento nas nossas vidas, que gostaria viesse a perdurar ao longo do tempo.
Um bem haja a todos os que estivemos ligados por estes laços de companheirismo, e, de amizade.
Também quero dar os parabéns à Câmara Municipal de Sintra, e, à Câmara Municipal de Omura por realizarem este intercâmbio entre Jovens dos dois Concelhos, proporcionando  uma ligaçãode duas culturas que estão afastadas na distância, mas que têm tanto em comum.

Ao António Feio

Um até amanhã, fica-me uma memória da tua visita às nossas casas em programas que não se esquecem, e, do homem que perdura.
Obrigado.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Morte dos Patos no Rio Jamor


Uma imensa tristeza pelo que aconteceu na semana passado no Rio Jamor com o aparecimento de dezenas de patos mortos. De lembrar que já no passado também apareceram patos mortos, e, lembro que na última vez também apareceram mortos os peixes que começavam a aparecer no rio.
Espero que desta vez se consiga apurar de facto o que se passou, e, que a autoridade veterinária da Câmara Municipal de Sintra, os bombeiros e o Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR que estiveram no local a recolher os patos mortos, e, colheitas de água para proceder à análise do seu estado, nos dêem uma resposta relativa ao sucedido.

Sobre As Comemorações do 13º Aniversário da Cidade de Queluz

Relativamente à iniciativa realizada no passado dia 24 Julho de Comemoração do 13º Aniversário da Cidade de Queluz, não quero deixar de lembrar as minhas palavras no dia 8 Maio de 2009 num discurso em Massamá integrado na campanha eleitoral da CDU.


Nessa ocasião frisei numa parte da intervenção o que passo a citar:

“Até hoje, passados quase 12 anos desde a criação desta nossa cidade, os presidentes das Juntas de Queluz, Massamá, e Monte Abraão nada fizeram para que na cidade de Queluz houvesse um aproximar entre as freguesias, por exemplo, a comemoração do aniversário da criação da cidade – 24 Julho – devia ser uma manifestação condigna e não o deixar passar sem qualquer referência.”

Por isso hoje sinto-me com uma certa satisfação por se ter conseguido, no passado sábado, dar um primeiro passo  nestas comemorações conjuntas das Freguesias de Queluz, Monte Abraão, e, Massamá,  mesmo tendo a noção de que se deve melhorar mais para os próximos Aniversarios, pois é necessário dar ainda mais dignidade a esta data festiva da nossa Cidade.

Também, penso, que é necessário encontrar novas formas de aproximação entre as Freguesias desta cidade, em iniciativas conjuntas, em prol dos cidadãos da Cidade de Queluz, para que futuramente se consiga estabelecer uma ligação forte entre os fregueses e a sua Cidade.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Keita

Ontem chegou uma visita à muito aguardada em casa, um Jovem Japonês de 15 anos, de nome Keita, que vem viver uma semana com a minha família. Sendo esta deslocação realizada através do intercâmbio entre  a Câmara Municipal de Sintra e a Câmara de Omura - Japão, que tenta estabelecer uma ligação com uma terra que só agora soube tem uma forte ligação no passado com os portugueses.
Acho que estes dias para mim e restante família vão ser de aprendizagem de uma cultura diferente, e, sobretudo a aprendizagem de comunicação entre pessoas que praticamente não tendo uma lingua comum, e, de difícil entendimento para ambas as partes, terão de conviver e procurar encontrar soluções para as questões que nos vão aparecendo.
Mas tudo correrá  bem e espero proporcionarmos uma boa estadia ao nosso já novo filho.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Comemoração 13º Aniversário da Cidade de Queluz


Venho convidar todos os que vivam na Cidade de Queluz, e, não só, a estarem presentes no próximo Sábado dia 24 Julho pelas 16 horas, na iniciativa conjunta a realizar pelas Juntas de Freguesia de Queluz, Monte-Abraão, e Massamá, para a Celebração do 13º Aniversário da Criação da Cidade de Queluz.
Esta iniciativa decorrerá no Jardim Conde de Almeida Araújo na Freguesia de Queluz (Jardim onde se encontra a sede da Junta).


Durante a tarde vai-se assistir a actuação do Grupo Coral e Instrumental Heróis da Música, da Banda da Sociedade Filarmónica Nossa Senhora da Fé do Monte Abraão, Grupo Coral da Associação de Reformados Pensionistas e Idosos de Queluz, da Liga Amigos de Queluz (Escola de Música) e ainda de José Manuel.

Se quiser passar uma tarde diferente venha assistir a este espectáculo.

terça-feira, 20 de julho de 2010

3º Passeio Temático - O Monte dos Vendavais

Vai-se realizar no próximo Sábado dia 24 Julho 2010, mais um Passeio Temático a Queluz, este 3º Passeio será sobre o Tema "O Monte dos Vendavais".

O passeio tem início às 09h30 na estação de Queluz do lado da Av. Dr. Miguel Bombarda. Com o acompanhamento de Pedro Hernâni Paulo vamos visitar a Biblioteca de Queluz, a Quinta do Mirante (Moinho de Vento) e o Casal de Baútas (Antigo Povoado do Fortificado).

A hora prevista para terminar é às 13h00 e podem participar adultos e crianças.

Este passeio embora gratuito necessita de inscrição prévia, por isso envie pf um email até às 17h00 do dia 23 de Julho, indicando o seu nome e número de contacto para comunicacao@jf-queluz.pt ou ligue 21 434 66 10.

Para quem queira saber mais sobre a nossa Freguesia, venha passear um pouco e recebar algumas informações sobre esta zona de Queluz.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Ouvir Moradores Av.Miguel Bombarda

Para continuar uma prática existente na CDU de auscultação das populações, e sendo um objectivo de que não abdicamos, e, que não o praticamos só nas alturas das eleições, vamos realizar uma iniciativa com os moradores da Av. Miguel Bombarda.
Esta iniciativa vai realizar-se amanhã sexta-feira 16 Julho pelas 18h30m.


Com esta acção pretendemos ouvir os moradores sobre a sua opinião relativa às obras efectuadas pela C.M.Sintra, nesta Avenida.

Nesta acção estarão presentes Pedro Ventura candidato da CDU à C.M.Sintra e eu também estarei presente uma vez que fui candidato no último acto eleitoral da autarquia e neste momento sou vogal da Junta de Freguesia de Queluz.
 
Assim apelo a quem puder e estiver interessado que venha ter connosco e nos exponha as suas opiniões para que possamos da nossa parte cada vez mais responder aos anseios dos cidadãos de Queluz

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Defesa do Consumidor - Sessão Informativa sobre Vendas Agressivas

Na continuação da actividade do pelouro - Defesa do Consumidor, a JUNTA FREGUESIA DE QUELUZ em colaboração com a DECO e a UNIQUE, vai realizar uma sessão informativa com a participação da Jurista  Drª Ana Ferreira, sobre a realidade de recebermos quase todos os dias incentivos para adquirir produtos ou serviços, através das chamadas Vendas Agressivas.
Esta sessão vai ter lugar dia 19 Julho 2010 pelas 15 horas, nas instalações da  UNIQUE - Universidade Sénior de Queluz situadas na Rua D.Pedro IV, nº 28 B (Na rua dos Bombeiros Voluntários Queluz).
A entrada é gratuita e não necessita de reserva, por isso quem puder participar venha colocar as suas dúvidas e obter mais informação sobre este tema especifico.
No futuro irei tentar continuar estas acções de informação na prespectiva da defesa do consumidor e cidadão de Queluz.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Sobre a Moção da CDU relativa à Estação de Queluz-Belas

Gostava de hoje abordar a moção que foi apresentada pela CDU, na sessão da Assembleia de Freguesia de Queluz do passado dia 28 junho.
Esta moção tinha vários considerandos que os cidadãos de Queluz sentem em relação ao estado em que a estação se encontra.
Mais uma vez vemos que vogais da assembleia põem de lado as questões da freguesia, para votarem numa perspectiva partidária, chegando a afirmar que a questão das escadas rolantes não existia, e que funcionavam normalmente.
Para mim, mesmo a questão central que nos afasta destes partidos que seria a de que aos utentes com passes sociais, não deveria ser cobrado o estacionamento do parque existente da refer, para evitar o que acontece hoje com um congestionamento de viaturas estacionadas nas vias adjacentes (e em alguns sitíos paradas na via ilegalmente, e criando vários problemas no trânsito).
Para que tenham uma informação da proposta apresentada, (esta moção foi chumbada só com os votos favoráveis da CDU e do BE) na assembleia, passo a descrevê-la.

"Considerando que a população de Queluz é uma população extremamente envelhecida, o que torna a sua mobilidade mais reduzida;
Considerando que as acessibilidades à estação de Queluz,nomeadamente as escadas rolantes e os elevadores, se encontram constantemente avariadas, sendo que as escadas rolantes do lado da Av.Miguel Bombarda se encontram paradas há mais de um mês;
Considerando que o parque de estacionamento da Refer mantém-se com um aspecto abandonado e inseguro para quem dele usufrui ou para quem nele passa.
A Assembleia de Freguesia de Queluz exige, da parte da Refer:
Um controlo e resolução mais eficiente das avarias nas acesibilidades à estação, não permitindo que a população fique lesada, como tem sido no último mês, e em múltiplas outras ocasiões.
Uma melhor manutenção do parque de estacionamento evitando a sua degradação e garantindo a segurança de pessoas e bens.
A criação de um passe gratuito para os utilizadores da rede de comboios, de forma a descongestionar o estacionamento nas vias adjacentes de acesso à estação.
A presente moção, deverá ser remetida à Assembleia e Câmara Municipal de Sintra, bem como a Refer"

Só quero chamar a atenção de que a própria Refer já publicamente reconheceu a necessidade de proceder relativamente ao parque de viaturas que é necessário a sua manutenção através da "melhoria das condições de iluminação e instalação de sinalética informativa das condições de utilização do parque de estacionamento."

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Voto de pesar pela morte de José Saramago

Na Assembleia de Freguesia de Queluz do dia 28 Junho, foi apresentada pela bancada da CDU, um voto de pesar pela morte de José Saramago.
Este voto foi aprovado por unanimidade pelos vogais presentes na Assembleia de Freguesia, após a votação toda a sala prestou homenagem com a realização de um minuto de silêncio.
Para que sejam conhecedores do descritivo do voto de pesar aprovado, passo a transcrevê-lo na integra.

"Voto de pesar pela morte de José Saramago

Nasci numa família de camponeses sem terra, em Azinhaga, uma pequena povoação situada na província do Ribatejo, na margem direita do rio Almonda, a uns cem quilómetros a nordeste de Lisboa. Meus pais chamavam-se José de Sousa e Maria da Piedade. José de Sousa teria sido também o meu nome se o funcionário do Registo Civil, por sua própria iniciativa, não lhe tivesse acrescentado a alcunha por que a família de meu pai era conhecida na aldeia: Saramago.

Assim começou, pelas próprias palavras do autor, a vida do homem que viria a ser muito mais do que os sonhos mais atrevidos e ambiciosos poderiam jamais imaginar, para um menino pobre de uma aldeia de Portugal. O menino fez-se homem e contra todas as mais comuns e censuradoras expectativas fez-se um génio! Um homem de uma dimensão humana, intelectual e espiritual gigantesca. Um homem que pautou toda a sua vida pela forte e inabalável convicção, que neste mundo há direitos que não podem ser ameaçados. Um homem que nunca deixou, que a ameaça do politicamente incorrecto, ou das falsas polémicas, o fizessem ser quem não era.

José Saramago foi e é, porque os génios nunca morrem, talvez o maior escritor da língua portuguesa, trouxe para Portugal a honra e o prestígio imenso do Nobel da Literatura e deu a conhecer o nosso país ao mundo, porque quem já leu sabe bem, Saramago escrevia sempre sobre Portugal.

Nada mais injusto então, do que as palavras daqueles que acusavam Saramago de renegar ao seu país, pois Saramago era a pátria, a voz incansável e afoita de um Portugal que fechado na sua concha de ditadura mal resolvida, desejava ver mais além e sonhar com uma sociedade mais justa e solidária. Aliás como o próprio disse recentemente, “nunca renunciei a Portugal, fazê-lo seria como renunciar ao meu próprio sangue.”

Mas e se de repente a humanidade ficasse cega? Não do negrume habitual mas de uma claridade ofuscante! E se de repente um frade, um maneta e uma mulher construíssem de madeira um pássaro e voassem dentro dele? E se de repente a morte não matasse mais? E se Portugal e Espanha fossem um só, mar adentro, afastando-se mais e mais da velha Europa a caminho do novo mundo?

Criaste mundos impossíveis e tornaste-os possíveis ainda por cima!

Quem eram as tuas personagens senão nós? Senão tu mesmo? Porque não deixaste as respostas cirúrgicas, as mezinhas para o nosso conforto imaginário? Deixaste as perguntas, as dúvidas corrosivas, a vontade de procurar e de olhar para dentro quando à volta já for pouco!

A morte ficará sempre a ganhar por isso dá-nos uma vida de avanço. E tu, gastaste a vida que te deram a tornares-te imortal…

Não nos perdemos porém, no meio da sua fabulosa obra, e erguemos também em saudação a memória do camarada leal, que toda a vida se manteve ao lado do partido comunista português, movido por um compromisso feroz e por vezes sublime, com o ideal de Abril.

Aqui te saudamos, sem nos despedirmos camarada. Lembrando os que como tu nos deixaram para sempre o legado da obra social, política, artística e humana. Os que nos marcaram e mudaram, para que essa mudança se reflectisse nos que nos seguirão e no seu mundo. Porque o homem tomba mas as ideias não! Até sempre Saramago!!!!"

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Sessão Ordinária da Assembleia de Freguesia

Tem lugar hoje dia 28 de Junho de 2010, pelas 21h00, na Sala Multiusos Fernão Ribeiro Leitão, uma Sessão Ordinária da Assembleia de Freguesia com a seguinte ordem de trabalhos:

1- Apreciar e Votar a Acta nº. 02 Referente à sessão ordinária realizada no dia 26 de Abril de 2010
2- Relatório Síntese - 2º Trimestre 2010
3- Análise Financeira - 2º Trimestre 2010
No inicio da sessão os cidadãos podem participar e intervir.

Reunião Pública da Junta de Freguesia de Queluz

Hoje dia 28 de Junho 2010, às 18h30, nas instalações desta Junta de Freguesia, na Rua Conde de Almeida Araújo, 44, em Queluz decorrerá a reunião ordinária pública da Junta de Freguesia, com a seguinte ordem de trabalhos:

1. Aprovação da Acta da reunião anterior
2. Informações
3. Obras da Freguesia
4. Listagem de Facturação
No início da reunião o público presente poderá intervir colocando as suas questões, por isso a intervenção dos cidadãos é uma maneira de podermos ter uma maior visão do que se passa na nossa freguesia.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Feira do Livro e do Artesanato em Queluz

Começa amanhã 25 Junho pelas 17 horas mais uma  "Feira do Livro e do Artesanato" no Parque Urbano Felício Loureiro em Queluz.

Nesta feira os visitantes têm a possibilidade de assistir ao vivo ao trabalho de diversos artesãos do Concelho e comprar os mais variados produtos artesanais, contactar com um variado número de Editoras e Livreiros, manusear as mais belas obras literárias, desfrutando do incomensurável prazer que é a leitura.
Também poderão assistir a momentos de animação musical durante a realização do evento.

terça-feira, 22 de junho de 2010

PCP organiza Festa da Fraternidade em Queluz


Venho convidá-los a poderem assistir no próximo sábado, entre as 16H00 e as 22H00, no Jardim Conde Almeida Araújo, em frente à Junta de Freguesia de Queluz a uma iniciativa da responsabilidade das organizações de Queluz do PCP. Trata-se de uma iniciativa de "contornos inéditos" e pretende "comemorar os valores da Fraternidade." Segundo o comunicado do PCP, do programa "constam a música, a animação de rua e outras iniciativas culturais, o PCP da cidade Queluz pretende também denunciar o conjunto de politicas de direita assumidas por este governo."

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Manuel Guedelha - Viver Queluz: À memória de José Saramago

Manuel Guedelha - Viver Queluz: À memória de José Saramago

À memória de José Saramago

“ Não é verdade. A viagem não acaba nunca. Só os viajantes acabam. E mesmo estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa. Quando o viajante se sentou na areia da praia e disse: «Não há mais que ver», sabia que não era assim. O fim duma viagem é apenas o começo doutra.”

José Saramago em “Viagem a Portugal”
A minha homenagem a quem viajou connosco e que se prolonga na memória, na lembrança, e na narrativa de um povo, e, do Mundo.

Loja Social

Não quero deixar de informá-los da abertura da Loja Social de Queluz, dinamizada pela Associação Olho Vivo, com o apoio da Câmara Municipal de Sintra, localiza-se na Rua dos Moinhos 23A Queluz – Pendão. A loja está aberta a toda a população de Segunda a Sábado das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e pode encontrar artigos de vestuário, calçado, mobiliário, electrodomésticos, artigos de casa e decoração, etc.
Numa altura em que todos os dias os Portugueses encontram mais dificuldades neste momento difícil em que são anunciados mais cortes nos orçamentos familiares, é de realçar todas as inicitivas que possam auxiliar a que estas dificuldades não sejam tão graves.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Exposição Conjunta na Sala Multiusos em Queluz

Não deixem de visitar a Exposição de Pintura Conjunta "Um Brilho à Mais" que decorre na Sala Multiusos Dr. Fernando Ribeiro Leitão sita na Rua dos Combatentes da Grande Guerra 40, R/C esq. em Queluz, entre os dias 11 a 17 de Junho das 15h00 às 20h00.
Na Exposição estão presentes obras de vários artistas entre os quais, Filipe Fernandes, Glória Fernandes, João da Costa Carvalho, Lucia Zani, Marco Guerreiro, Nina Ponces, Rosália Santos, Sara Livramento e ainda a participação especial dos alunos da UNIQUE - Universidade de Ensino Sénior.
Venham ver e apoiar estes artistas de Queluz.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Reunião Pública da Junta de Freguesia de Queluz

Segunda-Feira dia 31 de Maio, pelas 18h30m, irá realizar-se mais uma reunião pública da Junta de Freguesia de Queluz. Esta reunião terá lugar nas Instalações da Junta de Freguesia.
A ordem de trabalhos será a seguinte:
 1. Aprovação da Acta da reunião anterior

 2. Informações
 3. Obras da Freguesia
 4. Listagem de Facturação
 
Mais uma vez faço o apelo para a participação dos Queluzenses nestes actos, onde se discutem os problemas da nossa Freguesia.
O período de intervenção do público é antes do inicio da ordem de trabalhos, para os quais se poderão inscrever no início da sessão.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Moção sobre Dia Internacional das Mulheres

Porque hoje passados 36 anos do 25 de Abril, ainda se assiste a uma descriminação da Mulher neste Portugal Democrático, sendo por isso necessário continuar a lutar para que se elimine estas desigualdades. Sendo assim não quero de deixar de divulgar a Moção apresentada na Assembleia de Freguesia de Queluz pela CDU e aprovada pelos vogais deste Organismo.

"                                           Moção



Comemorou-se, no passado dia 8 de Março, o centenário do Dia Internacional da Mulher.
Trata-se de uma homenagem às operárias têxteis norte-americanas que em 1857 organizaram a primeira greve da História, conduzida unicamente por mulheres. A principal reivindicação era: a redução da jornada de trabalho de 16 para 10 horas. E partiram para a luta, tendo sido duramente reprimidas pela polícia. Para se protegerem, muitas delas fugiram para dentro da fábrica onde trabalhavam. Os portões foram trancados por fora e a polícia incendiou o edifício por ordem dos patrões causando assim a morte de 129 mulheres. Clara Zetkin, uma activista do movimento feminista alemão propôs, na primeira Conferência Internacional de Mulheres, realizada em Copenhaga em 1910, que o dia 8 de Março fosse consagrado como o “Dia Internacional da Mulher.”

Actualmente em todo o mundo, as mulheres são lembradas, neste dia, de forma especial, porém a maior parte das comemorações não interferem, de facto, na dura realidade de muitas mulheres.

Em Portugal e como representantes de forças políticas, temos o dever de neste dia reflectir sobre o muito que há ainda a fazer contra as desigualdades e contra as discriminações nos diversos domínios da sociedade, tendo em conta a realização pessoal e social da mulher.

Desta forma a Assembleia de Freguesia de Queluz, reunida em Sessão Ordinária no dia 26 de Abril de 2010 exige:

1 - O fim da discriminação, ao acesso e segurança no emprego e salários dignos que respeitem o principio de “trabalho igual salário igual”;

2 - A promoção de uma política social que promova a igualdade entre homens e mulheres, combatendo verdadeiramente as causas sociais dos baixos níveis de participação cívica e política das mulheres e jovens;

3 - O respeito pelos direitos de maternidade/paternidade, enquanto função social do Estado e proibição de todo e qualquer tipo de discriminação directa ou indirecta baseada no sexo;

4 - A criação de uma rede nacional pública de creches e jardins-de-infância;

5 - O direito à saúde, aos direitos sexuais e reprodutivos, com base nos serviços públicos.

6 - O direito a um planeamento familiar e à educação sexual nas escolas, matérias que, apesar de legisladas, ainda estão longe de serem universais;

7 - Medidas efectivas de combate à prostituição, ao tráfico de mulheres e crianças e à violência doméstica, atacando as causas económicas e sociais que estão na sua base e penalizando severamente as redes de tráfico e agressores.
Se aprovada, enviar a:
- Junta de Freguesia de Queluz;
- Grupos Parlamentares da Assembleia da República;
- Assembleia Municipal e Câmara Municipal de Sintra;
Queluz, 26 de Abril de 2010

Moção Proposta pelos membros da Bancada da CDU"

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Moção sobre a Saúde.

Foi apresentada e aprovada pelos vogais da CDU, na Assembleia de Freguesia de Queluz do passado dia 26 Abril 2010, a seguinte moção:

Moção:

Considerando que a saúde pública é um bem essencial e um direito consagrado constitucionalmente;

Considerando que a Saúde no concelho de Sintra foi um dos temas em destaque na campanha para as eleições autárquicas de Outubro de 2009, tendo-se verificado amplos consensos entre as diversas forças políticas concorrentes aos órgãos municipais em Sintra.

Considerando que Sintra é o segundo concelho mais populoso do País.

Considerando que Queluz é uma freguesia com uma população residente bastante envelhecida.

Considerando que o Hospital Amadora-Sintra é claramente insuficiente para servir as populações dos concelhos de Sintra e da Amadora, cuja situação de resposta na prestação de cuidados de saúde hospitalares se agrava face às dezenas de milhares de utentes sem médico de família nos dois municípios;

Considerando que alguns dos centros de saúde do concelho, funcionam em prédios de habitação sem condições para a prática da medicina, como é o caso do de Queluz – Extensão Lusíadas;

Considerando que existem no concelho de Sintra mais de 125.000 utentes sem médico de família;

Considerando que em sede de PIDDAC, a proposta de orçamento geral do estado para 2010, nada contempla em termos de investimentos de infra-estruturas para a resolução deste grave problema, apesar de ano após ano, o PCP, o propor em sede própria;

A Assembleia de Freguesia de Queluz, reunida em Sessão Ordinária no dia 26 de Abril de 2010, exige ao Governo:

·        A construção urgente de um hospital, com o número de camas para suprir as necessidades dos utentes no concelho de Sintra, de Gestão Pública, com lançamento do respectivo processo, durante o ano de 2010.

·        A construção de novos centros de saúde, em Queluz, Belas, Mem-Martins, Abrunheira, Rinchoa / Fitares e Tapada das Mercês.

·        A colocação imediata de um número suficiente de médicos de família, para as necessidades existentes na cidade de Queluz.

·        A abertura até às 24 horas, do centro de Saúde de Queluz – Extensão Lusíadas.

Se aprovada, enviar a:
       - Junta de Freguesia de Queluz;
       - Assembleia Municipal e Câmara Municipal de Sintra;
       - Ministério da Saúde;
       - Grupos Parlamentares da Assembleia da República;
       - Órgãos da Comunicação Social Regional;

                                              Queluz, 26 de Abril de 2010

                                                                       Moção apresentada pelos Membros da Bancada da CDU
 
Esta moção foi aprovada com os votos favoráveis de todos os partidos representados na Assembleia, excepto o PS.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Assembleia de Freguesia do dia 26 Abril 2010

Fazendo um breve resumo da Assembleia de Freguesia do passado dia 26, um ponto a salientar é a da participação do público, que apesar de serem uma dúzia, não deixaram de ser interventivos nalguns assuntos que os afectavam e que queriam algumas respostas.
Não quero deixar de mais uma vez apelar à uma participação nestas sessões, ou, nas reuniões públicas da Junta de Freguesia de Queluz, porque quanto mais os cidadãos participarem e intervirem com queixas, sujestões, e, até com soluções para os problemas que afectam todos nós, maior é a possibilidade de se pressionar as entidades competentes para que os resolvam.
De salientar a aprovação de 4 moções da CDU (uma sobre a Saúde no Concelho, uma sobre o 25 Abril, uma sobre o 1º Maio, e, finalmente uma sobre a Comemoração dos 100º Aniversário do Dia Internacional das Mulheres).
Próximamente irei colocar neste blog estas moções para um maior conhecimento dos seus conteúdos.
Também relativamente aos pontos da Ordem de trabalhos, foram aprovados todos os documentos apresentados, nomeadamente A conta gerência 2009, Inventário 2009, 1ª Revisão Orçamental 2010, 1ª revisão ao PPA, 1ª revisão ao PPI, Tabela de Taxas, Regulamento do Cemitério, e, Regimento da Assembleia de Freguesia.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Breves pensamentos

Podemos gostar ou não gostar, de iniciativas que são feitas, mas depreciá-las sem procurar obter informações antes de noticiarmos estas actividades, só faz com que se emitam opiniões que podem em vez de incentivar as pessoas a participarem, façamos com que elas sejam desmotivadas à partida.
Estas palavras são escritas para comentar a notícia que foi escrita sobre a feira de artesanato que se realizou no Jardim Conde Almeida Araújo, que dizia nomeadamente:
"Está a decorrer uma feira de artesanato na Praça Conde Almeida Araújo* em frente à Junta de Freguesia de Queluz. A feira termina às 18H00. Trata-se de uma pequena feira com pouca variedade organizada pela GAVE. Desconhece-se o motivo para a participação de tão poucos artesãos.
*apesar da Junta chamar ao espaço jardim, consideramos que o local é uma praça."

Não quero deixar de escrever alguns considerandos sobre estas palavras.
Assim em primeiro lugar apesar de não ter na altura estado de acordo com a remodelação executada pela Câmara Municipal de Sintra em vésperas eleitorais no tempo do executivo da Presidenta Edite Estrela, que transformou um Jardim numa alameda, não é por isso que se deverá deixar de chamar ao espaço o Jardim Conde Almeida Araújo. Devemos é lutar para que se venha a executar um projecto em que transforme este espaço num verdadeiro espaço de lazer para os Queluzenses.
Em segundo lugar que a feira é pequena, é verdade mas não é por isso que se deixará de fazer, pois se formos teimosos, poderemos vir a transformá-la com persistência numa actividade com outra estrutura, e, é isso que devemos ter em mente.
Quanto à participação de só estes artesãos, de lembrar que esta associação tem à volta de 80 sócios, mas que também existem outras actividades semelhantes, e, que eles se dividirão por vários sítios.
Penso que devemos cada vez mais permitir aos cidadãos, que venham para as ruas de Queluz nos seus tempos de lazer apreciar actividades que lhes permitam saborear um pouco do bom que a vida tem. Sejam  pequenas feiras, seja outro tipo de actividades como sessões de poesia, de teatro, sessões onde sejam informados sobre diversos temas que nos aparecem todos os dias.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Reunião Publica Junta Queluz - Assembleia de Freguesia de Queluz

Segunda-Feira dia 26 de Abril, pelas 18h30m, irá realizar-se mais uma reunião pública da Junta de Freguesia de Queluz. Esta reunião terá lugar nas Instalações da Junta de Freguesia.

Também na segunda feira 26 Abril pelas 21 horas, vai se realizar uma Assembleia de Freguesia de Queluz. Terá lugar na Sala Multiusos Dr. Fernando Ribeiro Leitão - Rua Combatentes da Grande Guerra (Antigas Instalações da Junta de Freguesia).

Mais uma vez faço o apelo para a participação dos Queluzenses nestes actos, onde se discutem os problemas da nossa Freguesia.
O período de intervenção do público é de 30 minutos antes do inicio da ordem de trabalhos, para os quais se poderão inscrever no início das sessões.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

As Famosas Notificações

No local do acidente esteve o presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara. "A Câmara de Sintra, há bem pouco tempo, tinha feito essa notificação. O terreno é privado e o meu departamento de fiscalização notificou pessoalmente o proprietário. Agora o nível de responsabilidade tem que ser apurado", adiantou o autarca.


Mais uma vez se vê que a falta de respostas às notificações da Câmara, é uma realidade do nosso dia a dia, sempre que há um acidente como o que aconteceu agora em Agualva-Cacém vem ao de cima que não é só uma questão de notificar quem está em contravenção, mas, que se deveria poder ser mais rápido a exercer pressão sobre os notificados para que actuassem na resolução do problema.

Também se assiste na nossa freguesia a casos que poderão dar resultados de consequências funestas, e, que já por muitas vezes têm vindo ao conhecimento da opinião publica e das entidades competentes.

Assim temos muros que ameaçam cair, e, que a solução existente é a colocação de uma rede para evitar que as pessoas caminhem no passeio adjacente ao muro.

Edifícios degradados só com as paredes em pé, que são seguros por vigas de ferro como se essa emenda fosse a suficiente para as manter. Porque não obrigar a que sejam demolidos esses edifícios e devidamente murados e assim precaver alguma possível desgraça.

Viaturas destruídas e abandonadas, que algumas servem de brincadeira a crianças que aproveitam para as andar a empurrar fingindo serem um verdadeiro piloto de automóveis.

A questão principal não é o de fazer notificações, e, assim passar um pouco as responsabilidades para o outro. A questão principal é que o problema existente tem que ser solucionado o mais rápido que seja possível, para que não aconteçam estes acidentes com resultados trágicos, e, mais uma vez todos venham a lamentar.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Obras Av. Miguel Bombarda III

Mais uma vez venho falar das obras que estão a ser executadas na Av. Miguel Bombarda, para alertar antes que estas sejam finalizadas e que a Câmara Municipal de Sintra faça o pagamento devido ao empreiteiro.
Dois assuntos me chamaram a atenção desta vez.















O primeiro que vou abordar é a questão das passadeiras agora colocadas. De salientar que antes das obras existiam mais passadeiras na Avenida do que as que agora foram assinaladas, o que leva a que o peão cada vez se sinta menos protegido, pois a boa condução que é proporcionada por quem (sobretudo condutores que não moram neste local) usa a Avenida para autêntica pista de corridas. Assim vemos que os  moradores, muitos com uma certa idade têm grandes dificuldades para atravessarem esta rua.
Por isso é necessário a colocação de mais passadeiras (como já é pedido num abaixo assinado que está a ser feito na zona), antes que mais acidentes aconteçam. 

O segundo assunto que quero abordar é a maneira como os passeios foram executados. Quem por lá passa vê a má execução do trabalho que foi efectuado, desde a colocação da pedra na calçada, em que se assiste a várias ondulações do que deveria ser uma calçada portuguesa, até, as pedras ficarem mal colocadas com a criação de pequenos bicos salientes. Acho que a Câmara deve ser mais exigente relativamente à qualidade da obra executada. O resultado que vemos nestes passeios deve-se sobretudo à questão de se ter querido executar a obra com grande rapidez, e, o que vemos é que mais cedo ou mais tarde vai que se ter de intervir para emendar os erros que foram feitos agora.  

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Obras Rua 31 Janeiro - Queluz

Na rua 31 de Janeiro desde o inicio do mês de Março que o empreiteiro Visabeira começou a executar uma obra (penso que de arranjo da rede electrica). No dia 16 de Março (foto em cima), era assim que estava o passeio afectado por esta obra, com todos os transtornos para os moradores.
Mas o que mais está a fazer com que as pessoas protestem é que passado um mês, hoje 16 de Abril ainda o passeio está sem ser arranjado (ver foto de baixo), estando já assim praticamente à duas semanas.
Será que a Câmara Municipal de Sintra não pode intervir junto do empreiteiro para que o passeio seja recolocado como estava antes da execução da obra o mais rápidamente que seja possível. Os moradores agradecem

As minhas fotos

As minhas fotos
Reflexo