Uma visão do que me rodeia

Sempre que escrevo neste blog, será sempre a minha visão pessoal e politica do que se passa á minha volta e no meu dia a dia, nada mais do que isso.

Serra da Freita - distrito Viseu

Serra da Freita - distrito Viseu
Frecha da Mizarela - a sua beleza vale o desvio pela serra.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Tertúlia de Março - Encontro com Miguel Almeida

Na próxima Sexta-Feira dia 25 de Março pelas 21h00 na Sala Multiusos da Junta de Freguesia de Queluz situada na Rua Combatentes da Grande Guerra, nº40 - Queluz, irá realizar-se mais uma Tertúlia, assim este mês vamos estar à conversa com o Escritor Miguel Almeida, sobre as suas obras.

Para um melhor conhecimento do autor, passo a escrever uma pequena biografia de Miguel Almeida:


"Miguel Jorge Azevedo de Almeida, é natural de Rãs, Mestrado em Filosofia da Natureza e do Ambiente e Professor de filosofia do Ensino Secundário.

Obras do escritor:

2010 - “Já não se fazem Homens como antigamente”
Trata-se de um livro escrito a quatro mãos, onde o autor participa, juntamente com mais 3 escritores. O conto de Miguel Almeida chama-se “Ele Tomou Viagra, Ela Chamou a Polícia”. Um conto longo, cuja incidência se centra num casal de octogenários, que se vê em situações inimagináveis, tudo porque o personagem principal do conto, num belo dia decide ir comprar Viagra, para ter relações sexuais com a sua mulher.

2010 – “O Templo da Glória Literária – Versão Poética”
É o primeiro livro de poesia do autor. A ideia central que percorre toda esta obra é a de que algures ― talvez na mente de cada um de nós, fruto das leituras que fazemos e guardamos para sempre ― existe um templo, O Templo da Glória Literária.

2010 - “A Cirurgi
a do Prazer – Contos Morais e Sexuais”
Trata-se de um livro que contém 21 contos, com personagens que podemos considerar estranhas, mas que apesar de tudo se envolvem em situações bem reais.

2006 - “Um Planeta Ameaçado – A Ciência Perante o Colapso”
É um livro que reproduz a tese de Mestrado que o autor defendeu nesse mesmo ano, no âmbito do seu Mestrado em Filosofia da Natureza e do Ambiente, na Universidade de Lisboa.
Apesar de ter sido publicado em 2006, Um Planeta Ameaçado continua a ser um livro que está bem vivo.


Deixo este convite a todos os que gostam de literatura e que queiram participar de uma forma mais activa nestes encontros, que se realizam todos os meses na nossa Freguesia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

As minhas fotos

As minhas fotos
Reflexo