Uma visão do que me rodeia

Sempre que escrevo neste blog, será sempre a minha visão pessoal e politica do que se passa á minha volta e no meu dia a dia, nada mais do que isso.

Serra da Freita - distrito Viseu

Serra da Freita - distrito Viseu
Frecha da Mizarela - a sua beleza vale o desvio pela serra.

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Moção 25 Abril

A 25 de Abril de 1974 Portugal acordou de um pesadelo de 48 anos de ditadura fascista, para uma nova era de Liberdade.
Um grupo de heróicos capitães e de outros militares deitou por terra a tristeza, o cinzentismo, o desalento em que o nosso povo vivia, pondo ainda fim a uma guerra iníqua que vitimou tantos jovens, quer portugueses, quer dos povos que reivindicavam a seu direito à Liberdade.
Durante os 48 anos do chamado “Estado Novo”, muitos lutaram para manter acesa a esperança na Liberdade, desde os que procuravam espalhar informação sobre o que se passava no País e no estrangeiro, aos que usavam a escrita e a canção como uma arma, até aqueles que, por delito de opinião, foram presos, torturados e mortos.
Passaram 35 anos; as condições de vida do povo português estão muito longe daquelas com que sonhámos então.
Como Sérgio Godinho diz:
- Só há Liberdade a sério quando houver
- Paz
- Pão
- Educação
- Saúde
- Habitação
Ora, além de vermos o nível de vida a descer diariamente, com a vaga de despedimentos, o aumento do desemprego, a degradação do Serviço Nacional de Saúde, da Educação e da Justiça, assistimos ainda, frequentemente, a um branqueamento do fascismo e das suas figuras de proa de uma forma afrontosa.
Os democratas, das mais diversas tendências, não podem ficar indiferentes a esta situação.
Há que manter viva a memória do que era o fascismo para que todos, novos e velhos, tenham plena consciência do valor da Liberdade.
Há que devolver os valores e os direitos que estão a ser roubados, e não permitir qualquer retorno ao passado.
E há que manter a esperança num futuro melhor que há-de vir, se por ele lutarmos.
Pelo exposto a Assembleia de Freguesia de Queluz, na sua reunião de 28 de Abril de 2009, saúda:
- todos os resistentes ao fascismo;
- os valorosos militares de Abril;
- todos os que continuam a lutar em defesa dos ideais da Revolução dos cravos.

Viva o 25 de Abril
Viva Portugal
Sendo esta moção aprovada deverá a mesma ser remetida:
• à Associação 25 de Abril;
• à Câmara Municipal de Sintra, na figura do seu Presidente e Vereadores;
• à Assembleia Municipal de Sintra, na figura do seu Presidente e Deputados Municipais;
• à Associação de Deficientes das Forças Armadas;

Deverá igualmente ser remetida aos órgãos de comunicação social regionais.

Queluz, 28 de Abril de 2009.
Os Vogais da CDU – Coligação Democrática Unitária

Sem comentários:

Enviar um comentário

As minhas fotos

As minhas fotos
Reflexo